sexta-feira, 24 de abril de 2009

ORIGINAL È O POETA -HOMENAGEM A ARY DOS SANTOS

25 DE ABRIL SEMPRE




Original é o poeta
que se origina a si mesmo
que numa sílaba é seta
noutro plasmo ou catacliamo
o que se atira ao poema
como se fosse um abismo
e faz um filho ás palavras
na cama do romantismo.
Original é o poeta
capaz de escrever um sismo.

Original é o poeta
de origem clara e comum
que sendo de toda a parte
não é de lugar nenhum
O que gera a própria arte
na força de ser só um
por todos a quem a sorte faz
devorar um jejum
Original é o poeta
que de todos for só um.

Original é o poeta
expulso do paraíso
por saber compreeder
o que é o choro e o riso;
aquele que desce à rua
bebe copos quebras nozes
e ferra em quem tem juizo
versos brancos e ferozes.
Original é o poeta que é gato de sete vozes.

Original é o poeta
que chegar ao despudor
de escrever todos os dias
como se fizesse amor esse que despe a poesia
uma mulher e nela emprenha a alegria
de se um homem qualquer
ARY DOS SANTOS

29 comentários:

  1. Linda a tua homenagem com um belo poema do Ary,
    existem pessoas que ficam pelos seus actos ou palavras e ele jamais morrerá
    beijos

    ResponderEliminar
  2. Original é o poeta que, livremente, pode assumir que é um homem qualquer...

    Belo, sempre belo, Ary!

    Um beijo, Alexa

    ResponderEliminar
  3. Belíssimo original é o poeta...
    Passando para dizer :Vive de maneira a poderes aprender a amar,
    ama de maneira a poderes aprender a viver.
    Não necessitas de nenhuma outra lição...
    E como o FDS está aí então que seja ele para expandires teu coraçao.
    Beijinho prateado

    SOL

    ResponderEliminar
  4. o relembrar de um dia que marcou as nossas vidas, apesar dos pesares actuais bem melhores que a malvada ditadura e fizeste-o através de um grande poeta.

    Beijos e um bom dia de LIBERDADE

    ResponderEliminar
  5. Venho desejar um feliz 25 de Abril!
    Abraço grande.

    ResponderEliminar
  6. Que saudades do Ary...
    Um abraço .

    ResponderEliminar
  7. Feliz 25 de Abril.Como ARY DOS SANTOS tinha razão.Beijinho bfs

    ResponderEliminar
  8. Belíssimo o poema do Ary, “Original é o Poeta”, creio que, sem nenhuma pretensão, ele estava escrevendo sobre si próprio.
    Obrigada pela sua visita e comentário deixado em nosso espaço.
    Beijos na Alma,

    ResponderEliminar
  9. Alexa,

    E se falamos de poeta original, aí temos Ary dos Santos... uma voz do 25 de Abril... inesquecível e que dispensa adjectivos.

    Cravos para ti,

    Um abraço

    ResponderEliminar
  10. *
    hoje respondi
    a quem me visitou,
    extractos deste poema do ary,
    ,
    bridas de liberdade, deixo,
    ,
    *

    ResponderEliminar
  11. Alexa
    O 25 de Abril tem para mim a conotação máxima de valores nos conceitos de liberdade e de justiça social.Por eles vale a pena viver e acreditar.
    Mas não basta colocar estes desideratos como representações. É preciso praticar com acções que os construam. Porque há sempre uma ponte entre nós e os outros, há sempre um caminho e uma mão que se estende mesmo quando tudo nos parece perdido.
    Beijos

    ResponderEliminar
  12. Alexa

    Um poema magnifico, uma excelente homenagem aos poetas de Abril,
    pela mão de Ary...
    aos cantores de Abril,
    pela voz de Ary..
    aos escritores de Abril..
    pelas palavras de Ary
    aos militares de Abril..
    pela força de Ary
    ao povo sofrido do antes e do depois de Abril..
    pelo grito de Ary!

    Um beijinho grande para ti

    ResponderEliminar
  13. Olá Alexa,
    Parece-me que o 25 de Abril que todos nós temos na memória e vivemos em ideais, está a terminar o seu ciclo, ou alguém o quer aviltar! Há ideias que não devemos deixar morrer mas ler a imprensa e ver a vida das pessoas no seu dia a dia não é nada animador.

    A poesia do Ary dos Santos pode ser um referente para nos estimular o alento que por vezes nos falta.

    Bjs.

    Um abraço
    António

    ResponderEliminar
  14. Acho que algumas das originalidades do poeta se aplicam a mim, contudo não sou poeta embora a sua voz me toque tantas vezes. Um super dia e a certeza de que amanhão sol brilhará de novo.
    Bjs

    ResponderEliminar
  15. Alexa, Ary, continua entre nós através da sua poesia...

    beijos...

    ResponderEliminar
  16. Bela escolha cara amiga.
    Gosto do Poeta. Tem poemas imortais, como ele.
    Boa semana para ti.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  17. Uma boa escolha! Um grande poeta, um extraordinario poeta de Abril!

    ResponderEliminar
  18. e o poeta, esse que veste a dor e a alegria mas teima em continuar

    ResponderEliminar
  19. Alexa

    Nada mais adequado para um 1º. de Maio que um poema de Ary dos Santos.

    Pela não desistência e luta pela qualidade de vida, Viva o 1º. de Maio!

    Abraço

    ResponderEliminar
  20. Aprendi a gostar de Ary dos Santos através dos amigos portugueses. E este poema aqui é mais um de seus bonitos trabalhos.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  21. Maio, o primeiro dia, o dia um, um dia, este.

    Celebra-SE aquele que tem algo a fazer, ou que há tanto faz [...]

    Maio também de Maria, de re.conciliação.

    Maio de colher, a semente.

    íssimo _______________________________ .

    ResponderEliminar
  22. F
    e
    l
    i
    z

    d_____i_____a

    d
    a

    M__________Ã__________E

    hoje e sempre.

    íssimo.

    ResponderEliminar
  23. Um beijo, hoje especial, para a Mãe que és.

    ResponderEliminar
  24. Belíssimo poema...e parabens pelo lindo Blog.
    Abraços

    ResponderEliminar